onde o lixo entope o mar

IMG_20141201_170754093_HDR Ontem, o Fantástico exibiu uma reportagem sobre o lixo que flutua na Baía de Guanabara, umas das mais lindas do mundo. E onde serão realizadas as competições de vela das Olimpíadas de 2016. É triste ver o esgoto e outras formas de poluição tomando conta do mar. No litoral do Paraná, em dezembro de 2014, coletei em poucos minutos todas essas porcarias e resolvi fazer esta foto na praia deserta da ilha de Superagui. Um lugar paradisíaco, quase inabitado, mas onde o mar lança à praia o que recebe do continente. Todo o tipo de embalagens plásticas, de vidro, materiais de isopor e outros derivados do petróleo, que provocam a morte prematura de peixes, aves e outros animais. Os moradores da ilha contam que tripulantes de grandes navios que passam ao largo da costa lançam ao mar garrafas, latas de óleo e de comida e até roupas. E a gente sabe que por mais inóspita, deserta e distante que seja a ilha, a sujeira, materiais que poderiam ser reciclados são jogados nas ruas das cidades, terrenos baldios. Depois, são carreados pela chuva para os rios e vão parar no mar. Triste. O lixo está na nossa conduta, na nossa falta de educação, no nosso comportamento que não demonstra nenhuma preocupação com o destino que devemos dar a tudo que já usamos e aparentemente não nos serve mais.

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Meio ambiente, Meu Paraná, Um tempo. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s