Sem gênio, com Neymar

Sim, Neymar é um craque. Não, ele não é Pelé, nem Garrincha, nem Zico, Sócrates, Ronaldinho Gaúcho, Romário ou Ronaldo. Ele é Neymar e só precisa que deixem ele ser Neymar. Tem o talento, a técnica, a categoria e a juventude, sua principal aliada. A bola está à procura de novos pés, que a tratem como antigamente. Deixa o Neymar jogar, põe a 10 nas costas dele. Mas tenhamos paciência, porque cada craque tem a sua hora. Se não temos um “meiuca” clássico, um Didi ou um Tostão, um Cacá em seu áureos tempos ou um Rivaldo, se não temos nenhum gênio, vamos ter fé que temos 11 muito parelhos, capazes de encarar qualquer adversário. E se do Olimpo do futebol, as divindades da bola nos ajudarem e derramarem naquela grama as suas bênçãos de “torcedor”, quem sabe a camisa 10 desse menino não encarna a alquimia mágica de um Pelé, a sublime irreverência de um Garrincha? Dá-lhe Neymar, vai pra cima deles!

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Um tempo, um lugar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s