Quatro “cavalheiros”

Segundo o Cacá bem lembrou, a foto foi tirada por uma japonesinha que andava ali pelo Pier!

Vamos dar nome às crianças. Da esquerda o brilhante repórter cinematográfico Sherman Costa, o grande produtor e amigo Omar Freire (não é o Shariff!!!!), eu e o  magistral jornalista e documentarista Cacá de Souza. Estávamos em Nova York, era 1997, entre outubro e novembro, frio pacas, a gente teria congelado se não fosse o Omar emprestar os casacos (manés eu e Cacá!). Gravamos para um especial sobre o Marechal Rondon, fazendo um making off do trabalho do Cacá de resgatar arquivos até então inéditos na tv sobre a Expedição Roosevelt – Rondon, pelo cerrado e pela amazônia matogrossenses, em 1913-14, para cartografar, conhecer e coletar espécies e fazer um trabalho científico de invejável valor histórico. Grandes companheiros esses. Vivemos várias aventuras e travessuras, foi muito legal. Com tempo, a gente conta algumas. Ou não….
Mais sobre Rondon em:
Anúncios
Esse post foi publicado em Colegas e amigos, Dasantiga, Um tempo, um lugar e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Quatro “cavalheiros”

  1. Grande Parracho, Grande Sherman, Grande Omar…..DEUS É GRANDE….e me proporcionou amigos do quilate de voces. é CLARO QUE….NO FUTURO…vamos contar as nossas peripécias pelas terras do Tio San. Ainda dou muita risadas quando lembro. abs

  2. Sherman Costa disse:

    Meu grande amigo Parracho, o prazer foi todo meu. Bons tempos do tunel do tempo, com os tambem ilustres amigos.
    Sucesso irmao, precisamos fazer outros trabalhos juntos..
    AbS..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s