Nas trilhas de Rondon. O Brasil desvendado por Cacá de Souza.

O jornalista e documentarista Cacá de Souza, às vésperas de lançar seu novo trabalho

Cacá de Souza, paulistano radicado em Mato Grosso há quase 30 anos, é uma referência quando se fala em Cândido Mariano da Silva Rondon (1865-1958). O jornalista pesquisa a vida e a obra do Marechal Rondon desde antes de nos conhecermos, em Cuiabá, em 1995. Embalado pela curiosidade em desvendar detalhes da trajetória deste controvertido personagem da nossa história e pela paixão por Mato Grosso e pelo Brasil, Cacá mergulhou em livros, artigos, fotos e filmes que registram de um modo ou de outro as aventuras, descobertas, as viagens de Rondon. Só o esforço que ele vem empreendendo para estudar, compreender e divulgar o trabalho deste brasileiro ilustre, já vale um livro e um documentário! Tive o privilégio de acompanhar parte desta pesquisa, desta investigação jornalística a que Cacá se dedica aqui e nos Estados Unidos. Lá, ele redescobriu arquivos inéditos em fotos e filmes de expedições promovidas por Rondon. Uma delas, em parceria com o ex-presidente americano Theodore Roosevelt, que desbravou terras do cerrado e da Amazônia, em busca de conhecimento científico, de pesquisas que envolviam a biologia e a geografia, a sociologia, a antropologia. As descobertas de Cacá estão no primeiro documentário que realizou sobre a Expedição Roosevelt-Rondon, por terras brasileiras, no começo do século XX. Agora, Cacá se debruça sobre outro aspecto curioso do perfil de Rondon: o cartógrafo. O homem que mapeou rios, divisas, estendeu linhas de telégrafo, fincou marcos de fronteira, estabeleceu limites geográficos que desafiam até hoje a precisão do GPS! É preciso conhecer melhor quem foi Rondon, o que motivou seu trabalho, uma contribuição imensa para se saber onde começa e onde termina o Brasil. E, sobretudo, conhecer a maneira magistral e densa com que Cacá, outro gênio brasileiro, vem produzindo este legado histórico e jornalístico, de forma corajosa e independente, verdadeira e apaixonada.

Anúncios
Esse post foi publicado em Colegas e amigos, Tempo inteiro. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Nas trilhas de Rondon. O Brasil desvendado por Cacá de Souza.

  1. O trabalho do Cacá merece ser conhecido, assim como o de Rondon, até hoje uma referência na cartografia brasileira. Inclusive na questão da disputa de território entre o Pará e Mato Grosso. No cerne da questão, milhares de quilômetros de terra, que poderão mudar a cara do mapa do Centro – Oeste e, consequentemente, do Brasil.

    Parabéns por registrar um trabalho tão lindo quando o do Cacá, Parracho.

    Bj.

  2. Willy Ortiz de Oliveira disse:

    Quem tem o contato do Cacá? é meu amigo e não falo com ele tem mais de 20 anos.
    Ele é pioneiro no jornalismo ambiental. Me mostrou o Pantanal e a degradação em Poconé.
    Dentro de um buraco de garimpo ele fez a reportagem com os olhares ameaçadores dos garimpeiros. Um entusiasta corajoso e animadíssimo com as coisas do Brasil.
    Willy Ortiz – 22 999627078
    willymundo@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s