Arquivo da categoria: Trilho sonoro

só porque o sol voltou

Clima de anos 60, 70… sonzinho gostoso, videoclipe bem feito, um cão lindo de pelo caramelo (parece labrador!), e o sol a iluminar tudo isso, todos os sentimentos que cercam essa sensação de calor, de luz… o sol voltou e … Continuar lendo

Publicado em "Time and a word", Meio tempo, Trilho sonoro, Um tempo, um lugar | 3 Comentários

Stand by me…

Como eu dizia aos meus amigos e gurus, Benedito Costa e Cida Stier, adoráveis inspiradores, tudo o que vocês fizeram e fazem é ficar ao nosso lado, apoiando, orientando…e a vida é esse trilho sonoro, onde a cada estação vão … Continuar lendo

Publicado em "Time and a word", Colegas e amigos, Trilho sonoro | 1 Comentário

swing uruguaio

Sapato que en algunas horas buscaré bajo tu cama….cada uno da lo que recibe….y luego recibe lo que da….

Publicado em "Time and a word", Trilho sonoro | 1 Comentário

a volta

O mundo é redondo e gira. Viva a reconciliação, viva a capacidade de rever as coisas, tomar novas decisões. Viva a volta do IRA!

Publicado em "Time and a word", Trilho sonoro | Deixe um comentário

quem gosta de samba, de amor e de política…

sabe do que eu tô falando:

Publicado em "Time and a word", Meio tempo, Trilho sonoro | Deixe um comentário

desamarre o bode, a vida é mais

Publicado em "Time and a word", Trilho sonoro | Deixe um comentário

não encho mais a casa de alegria

Publicado em "Time and a word", Tempo inteiro, Trilho sonoro, Um tempo, um lugar | Deixe um comentário

cabalas e balelas

Publicado em "Time and a word", Trilho sonoro | Deixe um comentário

há sempre um outro ponto de vista

A sugestão e o convite para ouvir o Jack White e sua banda Raconters foi do Lunaé Parracho. Ele sempre descobre coisas que a gente não ouve todo dia, tem a sensibilidade de pesquisar, ouvir e mandar pra gente. Essa … Continuar lendo

Publicado em "Time and a word", Trilho sonoro | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

essa é só pra mim…

…nunca esquecer

Publicado em Dasantiga, Trilho sonoro, Um tempo, um lugar | Deixe um comentário