Pinheiro não se transplanta (por Paulo Leminski)

Mural dedicado ao poeta, no quinto andar no Shopping Estação, onde funciona a Estação Business School

Mural dedicado ao poeta, no Shopping Estação, onde funciona a Estação Business School

Fazia tempo que o Jorge Narozniak, nosso decano da redação, companheiro infalível, criativo, que sempre recupera e resgata histórias do Paraná, cheias de um bom humor polaco que provoca risos inteligentes, que instiga a conhecer um pouco mais desse mistério chamado “paraná”, dessa misteriosa terra verde, cinza, dourada, chamada “iguassu”, chamada “tibagi”, chamada “araucária”, desse imenso pinheiro que desafia as alturas fincado firme no chão, que derruba o pinhão que crepita nos fogões a lenha, que é alimento e semente, que aquece o inverno frio dos planaltos, para homens e pássaros, que deu nome a Curitiba… Bom, falando de pinheiros e gente, Jorge lembrou Leminski, o poeta polaco, negro, curitibano, o poeta maior das terras dos pinheirais, Jorge lembrou que Leminski, pouco antes de morrer, voltando de São Paulo, onde esteve por um tempo, cercado de admiradores, despertando a atenção de todos, Leminski perguntado sobre o porque de não ter fincado os pés em terras paulistanas, o poeta respondeu: “eu sou pinheiro e pinheiro não se transplanta”! Dia 24 de agosto, o poeta faz aniversário de nascimento. Infelizmente ele já se foi, mas nós estamos aqui e é preciso lembrá-lo, fazer homenagem. Só isso, só queria dizer isso.

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Um tempo, um lugar. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Pinheiro não se transplanta (por Paulo Leminski)

  1. claudia disse:

    A filha do poeta, Estrela Ruiz Leminski, esteve em nosso consultório de endocrinologia hoje…Que honra!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s