Esses patifes (por Ruy Sposati)

Ruy Sposati tem um jeito especial de olhar esse Brasil que pouca gente conhece. Com os olhos da verdade. Um olhar que apenas costumam ter os enganados que correm atrás de sonhos e pesadelos das corridas do ouro, das malditas usinas devastadoras e dos usurpadores da floresta e dos seus povos nativos. Indios, o Ruy conhece bem. Pescadores e obreiros, ele sabe o que sentem e do que precisam. Agora, em CD, você também pode conhecer um pouco mais o trabalho deste jornalista da resistência, que milita na última fronteira pela conservação do que na minha opinião já está fadado a desaparecer, apesar dos protestos e da teimosia de uns poucos guerreiros. A gente devia ser como os Munduruku, enfrentar as barbaridades com o arco e a flecha. Não são simples canções que você vai ouvir, são verdades em forma de música. São as verdades deste Brasilzão que poucos cantam. Na verdade, Ruy, “nós”, que nos chamamos “brasileiros”, não estamos nem aí. Ainda bem que gente como você existe, de verdade.

http://umdistantemaestro.com.br/?portfolio_12=ruspo-2013

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Colegas e amigos, Meio ambiente, Trilho sonoro, Um tempo, um lugar e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Esses patifes (por Ruy Sposati)

  1. Camila disse:

    Esse disco está lindo. Estou agora mesmo ouvindo a última faixa, de mesmo nome.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s