A juventude da vontade

Conversar algumas horas se torna uma grata alegria, um viajar por lugares, pessoas, um mergulhar na vontade de conhecer a aprender com ela. Ragnhild Borgomanero nos presenteou com um almoço italiano da mais pura divindade culinária. Ela nos brindou com sua simpatia cativante, seu charme norueguês, sua coleção de pedras e fósseis, um passeio fantástico pela história e uma chance de saber mais sobre Guido Borgomanero, seu esposo falecido em 2005. Rag, como é carinhosamente chamada, aprendeu a editar fotos e slides no photoshop e a editar videos no premier, com direito a zoons e fusões para resgatar depoimentos e fotos que o marido fez em missões diplomáticas pelo mundo. Impressiona a rapidez de raciocínio, a presença de espírito, a capacidade de comunicação desta mulher, que está chegando aos 80 anos com uma lucidez, uma alegria de viver e uma espontaneidade sincera. Ficamos apaixonados (por favor, Guido, entenda!), maravilhados com as lições de vida e de sabedoria. Ah, Rag diz que precisa de mais tempo, porque ainda tem muitos projetos a realizar. Obrigado, Rag, pelo cristal da atitude, pela esmeralda da curiosidade, pelo diamante da experiência, pela juventude da vontade.

foto (46)

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Colegas e amigos, Um tempo, um lugar e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A juventude da vontade

  1. Ragnhild disse:

    obrigado, voces me fazem chorar e sempre um enorme prazer conhecer e aprender amar pessoas que saibam vibrar no mesmo “nivel das ondas!”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s