Esgoto nosso de cada dia

A Polícia Federal afirma que investiga desde 2009 o despejo de esgoto sem tratamento no rio Iguaçu. Estações de “tratamento” clandestinas, algumas apenas de “fachada”. E classifica a Sanepar como a maior poluidora do rio, o que ambientalistas já diziam há muito tempo, embora sem confirmação oficial. A PF indiciou 30 diretores e gerentes da Sanepar. Em coletiva, um diretor da empresa de saneamento apresenta a defesa: “calúnia e mentira”, que provocaram “indignação” e pegaram a empresa “de surpresa” (esperavam que a Polícia tivesse avisado que investigava?)! Em 3 anos de investigação, a PF deve ter muitas provas do crime ambiental. A população espera que a Sanepar, em 50 anos de história, tenha um argumento um pouco mais objetivo que mostre que os consumidores não estão pagando a conta de transformar o Iguaçu das Cataratas no Tietê das araucárias. Tomara que este “esgoto” não vá pra baixo do tapete.

Sobre fernandoparracho

Jornalista com mais de 30 anos de experiência, fazendo uma transição para a vida rural. 🌱🏞️ Mas ainda atuando na comunicação, criação de roteiros e textos de vídeos, gravação de reportagens, produção de vídeos institucionais, materiais de divulgação, locução, apresentação de eventos e congressos.
Esse post foi publicado em "Time and a word", Um tempo, um lugar e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s