Sorrisos que fazem rir

Thais Flessak, Cris Mosol, Juliana Marques e Bruna Louise, “As Extraordinárias”

Elas se definem como “Extraordinárias” e, dando um desconto pra essa mania de querer “se achar”, elas não são nada menos do que isso. Alguns minutos ouvindo essas mulheres são suficientes pra você rolar de rir… pena que a grama tava meio úmida. Elas tem um humor rápido, ligeiro, sacana, vulgar (do jeito que a gente gosta de ouvir), humor inteligente que faz o riso se encher de dente. Elas “falam muuuuiiito”…. imagina quando discutem a relação?! No espetáculo, tem os “dramas femininos”, elas juram que vida de mulher é mais difícil do que de homem (tá bom…). Dizem que homem sempre mente (tão podendo né?) e que a mulher sempre sabe quando ele mente (tá bom…). Quatro estilos diferentes, quatro jeitos de contar piada como se fosse numa daquelas conversas que as mulheres tem quando vão ao banheiro juntas. Elas juram que contam o que as mulheres falam quando vão ao banheiro juntas. E aí, amigo, é que mora o perigo. Elas juram que na vida da mulher tem muita coisa além de homem (tá bom….) e elas dominam a técnica do “auto-bullying”, ou seja quando você mesmo se detona! Fala sério!…

“As Extraordinárias” – Teatro Regina Vogue – Curitiba – 18/8 às 21h e 19/8 às 20h. Vá rir um pouco!

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Um tempo, um lugar e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s