Lágrimas de Laísa

A propósito do Novo Código Florestal, vale a pena ler a reportagem de Lunaé Parracho sobre um ano da morte do casal de extrativistas José Cláudio e Maria do Espírito Santo. Os dois foram assassinados por pistoleiros numa emboscada há exatamente um ano,  numa pequena estrada de chão dentro do Projeto de Assentamento Extrativista Praia Alta Piranheira, no município de Nova Ipixuna, no Pará.

um-ano-apos-emboscada-irma-de-ativista-assassinada-volta-ao-para-sem-protecao-do-governo

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Colegas e amigos, Meio ambiente, Um tempo, um lugar e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s