Contrastes

Aqui, madeireiros e garimpeiros matam índios como quem espreme uma barata com a sola da bota. Invadem áreas de floresta, derrubam tudo, arrebentam a mata, o solo, em busca de ouro, diamante e outras riquezas que vão mesmo é encher o bolso de uns poucos atravessadores e traficantes internacionais de pedras e minerais. O garimpeiro vive a mais miserável das vidas e morre, invariavelmente, de fome, doença ou tiro.

Lá, na Europa, o ator Colin Firth, que ganhou o Oscar pela brilhante atuação no filme “O discurso do Rei”, do ano passado, participa de uma campanha da ONG Survival International, para proteger os índios Guajás, que vivem na Amazônia, e estão violentamente ameaçados pela ação dos criminosos ambientais. O ator está num video, que chama a atenção para o risco à sobrevivência dos Guajás, índios que vivem da caça e da coleta de frutos. Uma das últimas tribos indígenas que mantem esse estilo de vida.

Conheça mais sobre o projeto:

http://www.survivalinternational.org/

Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Meio ambiente, Um tempo, um lugar e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s