Enquanto isso, no país do futebol…

Os ferrenhos defensores da realização da Copa do Mundo no Brasil ergueram loas à vitória brasileira na concorrida escolha do país sede. Muita gente alertou, com arrepios na espinha, sobre o custo de uma Copa num país com tradição de corrupção e roubalheira, acostumado aos “mal feitos”, como diz a presidente. Pois aí está… Vamos ver quanto vai alcançar a contabilidade nefasta dessas obras. Alguns estádios, agora chamados de Arena(!), se tornarão palcos fantasmas em cidades e estados onde o futebol é tímido, isso pra não dizer que não existe, não justifica o gasto, como Amazonas, Mato Grosso e Rio Grande do Norte. Quero ver o que vão dizer os que festejaram a escolha do Brasil como uma vitória da pátria, logo depois que o juiz apitar o encerramento da final, certamente, sem o Brasil em campo…

http://g1.globo.com/politica/noticia/2012/03/governos-divergem-sobre-custos-de-dez-estadios-da-copa-de-2014.html

Anúncios
Esse post foi publicado em Um tempo, um lugar. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s