Contradição Brasil. Maldição Brasil.

Um trem lotado enguiçou na manhã desta quinta-feira, no subúrbio carioca de Sampaio. Os passageiros se revoltaram, ocuparam os trilhos e enfrentaram a polícia. O tumulto se alastrou e, na estação, os manifestantes invadiram a sala de leitura, saquearam os livros, destruíram tudo. A sala de leitura era uma iniciativa pioneira (um projeto piloto) patrocinado pela empresa concessionária dos trens no Rio de Janeiro, para estimular a população que utiliza o trem a ler, a ter contato com os livros. A ideia era implantar outras salas em outras estações. Dezenas de pessoas já haviam se inscrito na biblioteca para retirar livros para leitura durante a viagem, na volta pra casa. Uma demonstração de que havia gente interessada em ler e o projeto poderia dar certo. A revolta era contra a baixa qualidade do transporte de trem no Rio. Mas os vândalos enfurecidos atacaram a biblioteca.

Anúncios
Esse post foi publicado em Um tempo, um lugar e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Contradição Brasil. Maldição Brasil.

  1. Grande Parracho, parabéns irmão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s