Pantanal é pura poesia no Sem Fim

Este é um dos projetos mais criativos e importantes dos últimos tempos. É um resgate do relato oral das histórias do Pantanal. Mais do que isso, é um registro dos personagens deste universo encantado em forma de bioma, de ecossistema. Uma terra gigante, sem fim, como idealizou a Valéria del Cueto neste trabalho. É mais do que trabalho, é poesia, a pura poesia das linhas, da falta de linhas deste horizonte que sobe e desce nas vazantes, nas patas do gado, nos desenhos do capim, no borbulhar dos corixos e no sorver do tereré. Os olhos dos que viram nunca mais serão os mesmos. Se você ainda não foi ao Pantanal, escute o que eu digo: vá logo! E deixe-se encantar…

http://www.youtube.com/watch?v=I2Dh5JUw-

XI

Anúncios
Esse post foi publicado em Colegas e amigos, Meio ambiente, Um tempo, um lugar e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s