Chão, maré, eixo, vida

Envergo mas não quebro, Lenine

Lenine fez do chavão um mantra da resistência, do andar sobre a corda, do resistir ao tempo, às adversidades. A voz arrebata no novo disco Chão, que traz nova safra de uma produção criativa, marca do compositor, “cantautor” como ele mesmo se define. Ouvir Lenine é ir do Nordeste ao Rio em vôo de 5 minutos, um teletransporte da alma, entre o agreste e a Floresta da Tijuca. Enquanto uns e outros se repetem, sob rótulos e pseudo-novidades, tentando desesperadamente disfarçar a obsolescência, ele se reinventa a cada produção.

Anúncios
Esse post foi publicado em Trilho sonoro e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s