A Pátria, o mundo inteiro

Monumento brasileiro em Pistoia

A bandeira é só um símbolo. Mas quando ela estufa ao vento e põe as nossas cores lá no alto, é preciso respeito. A República merece respeito. Não pode ser tratada como se não tivesse dono, por pessoas que só vêem a Pátria como uma fonte de ouro, que não pertence a ninguém e pode ser roubada impunemente. O povo é o dono da Pátria. Basta de cuspir na bandeira. Chega de ofender a Pátria. Chega dos saqueadores, dos usurpadores, dos corruptos. É tempo de cada um (e de todos de bem) proteger a República, ajudar a cuidar dela. A propósito, a bandeira que tremula com orgulho neste céu azul é de uma terra sagrada. O Monumento Votivo Brasileiro em Pistoia, região da Toscana, na Itália. O lugar que foi, durante muitos anos, o cemitério dos brasileiros mortos naquele país durante a Segunda Guerra Mundial. Gente que deu a vida pela Pátria, não só a brasileira, mas a italiana. Gente que lutou pela honra de ser brasileiro, de ser herói. De libertar o mundo dos tiranos.

“Que não se vanglorie quem ama seu próprio país, mas sim quem ama o mundo inteiro” Bahá´u´lláh

Anúncios
Esse post foi publicado em Projeto FEB Brasil-Itália, Tempo inteiro, Um tempo, um lugar e marcado , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s