Doce Ucrânia

Quando digo Ucrânia
pareço estar dizendo vulcão,
cravo vermelho, oceano infindável,
montanha, rio congelado,
fruta acre

Mas tudo se torna
tão leve e doce
quando respiro
teu vento frio
ou sinto as palavras
mordidas, indecifráveis
que saem dos teus lábios
da boca doce da Ucrânia
como um mel de sabor insuperável

Quando penso na Ucrânia
me vem à cabeça
um irmão
de uma força contagiante
de uma coragem de aço
eu vejo rebeldes
brandindo as espadas
da liberdade
eu vejo as mulheres
em bordados coloridos
eu vejo crianças
sorrindo, crescendo
num mundo bem diferente

Quando digo Ucrânia
é como se eu dissesse Brasil
e tudo que dessas
duas palavras emana
sinto estar dizendo:
manhã! seja bem vinda
em toda glória e esperança

(escrito em 14/10/11, a bordo de um velho turbo hélice,
em algum lugar do céu da Ucrânia)
Anúncios
Esse post foi publicado em "Time and a word", Ucrânia, Um tempo, um lugar. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Doce Ucrânia

  1. Thaiss disse:

    Parabéns!!!! Muito bonito! Tenho ainda mais saudades da Ucrânia depois de ler seu poema….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s